fbpx

Criando as condições para inovação

01

Foto: Markus Spiske em Unsplash


Uma das empresas que mais admiro e me inspiro para transformar ainda mais a CRIARH Consultoria é a IDEO. Para quem não conhece, o fundador da IDEO David Kelley, é o criador do processo conhecido como Design Thinking e fundador da D. School, uma das melhores escolas de design thinking do mundo, sediada em Stanford. Atualmente, a IDEO é uma das maiores referências globais em design (em todas suas formas).

Mais recentemente, através da sua ferramenta Creative Difference (C∆), a qual tem o intuito de auxiliar líderes a criar organizações adaptativas e desenvolver cultura para inovação nelas através de dados, a IDEO lançou dados de anos de uso da ferramenta em mais de 100 empresas. Isso nos permite visualizar de forma prática e sem achismos quais as principais características necessárias para estimular inovação na empresa.

Líderes que criam ambientes de trabalho sustentáveis dando poder para equipes experimentarem soluções criativas na resolução de problemas tem resultados muito melhores do que equipes que seguem o status quo.

Você pode pensar que serão precisas muitas mudanças absurdas para alcançar a cultura para inovação empresarial, mas é mais simples do que você pensa e se inicia implementando processos, compartilhando conhecimento, engajando colaboradores e adotando ferramentas digitais.

1. Engaje colaboradores com o propósito da empresa

De acordo com a Creative Difference, equipes que utilizam propósito para guiar o processo de tomada de decisão são 61% mais bem sucedidas.

É basicamente um duelo entre equipe motivada VS equipe desmotivada.

Esclarecer o propósito do projeto e a sua utilização e impacto futuro é essencial aqui. É explicar o porque das coisas serem do jeito que são.

Caso você esteja tendo um problema aqui, provavelmente é porque para o líder do projeto é muito natural ter isso em mente, mas para os colaboradores não. É necessário estar sempre na mesma página com os colaboradores e estimulá-los constantemente no projeto. Uma dica boa para melhorar o engajamento dos colaboradores é imaginar como eles visualizam o projeto, para então corrigir o que for preciso. A palavra chave? Empatia.

De forma prática, o líder deve inserir em sua lista de atividades acompanhamentos com cada colaborador para compartilhar ambas visões. Para então, alinhá-las com os objetivos da empresa.

2. Crie um ambiente de trabalho colaborativo 

De acordo com a Creative Difference, equipes que trabalham colaborativamente e tem ambientes e ferramentas flexíveis são 32% mais bem sucedidas.

É comum empresas serem super controladoras com seus colaboradores, geralmente por medo dos resultados não serem o esperado.

Porém, todo mundo que já viveu em um ambiente assim sabe que isso é péssimo. Colaboração e criatividade são mortas e desvaloriza o trabalho do colaborador, o que leva a desmotivação e desengajamento do mesmo. Ao mesmo tempo que os processos devem ser respeitados, o líder deve pensar nas necessidades dos colaboradores.

Empresas modernas tem que encorajar, não ditar, os melhores meios para se trabalhar. Assim, a equipe é muito mais criativa e adaptativa na resolução de problemas.

3. Entenda como sua equipe realmente funciona

Pode parecer fácil, mas não é. Pode parecer que você já sabe como sua equipe funciona, mas será mesmo?

Entender o que uma equipe ama, odeia e quer mudar sobre a organização é necessário para guiar a empresa ao sucesso. A maneira mais fácil de criar impacto nesse aspecto é entender bem as ferramentas da organização e como elas se aplicam na rotina da empresa.

Como automatizar processos através de ferramentas? As ferramentas atuais sanam todas as necessidades da organização? Existem gargalos de informação nos processos da empresa? Quais alternativas são melhores? 

Como Diretor de Inovação na CRIARH Consultoria, tenho o papel de sempre estar realizando essas perguntas sobre nosso ambiente de trabalho. Atualmente, estamos vivendo diversas transições entre ferramentas e aumentando muito a produtividade da empresa.

A partir das perguntas acima e ação sobre suas respostas, é possível crescer muito em pouco tempo.

4. Teste repetidas vezes

De acordo com a Creative Difference, equipes que testam 5 ou mais soluções tem 42% mais chance de criar soluções de sucesso.

O melhor método de aprendizado é testar.

Testar é essencial para entender as raízes de qualquer problema e posteriormente solucioná-los. Muitas vezes ficamos travados nesse ponto pois o pensamento comum é: precisa estar perfeito antes de ser feito.

Contudo, a realidade é que feito é melhor do que perfeito. E testando continuamente diversas ideias de soluções para problemas diferentes, é a chave para alcançar um resultado de sucesso.

Na CRIARH Consultoria realizamos diversos testes no início do projeto Conexões CRIARH para alcançar o melhor resultado em satisfação do participante, facilidade de execução e impacto em nossos resultados. O modelo “final” é o de 2 palestras de 1h com 30 minutos para tirar dúvidas dos participantes realizado com fortes parcerias.  

Contudo, continuamos testando localidade (realizaremos um em garanhuns), valor (pretendemos pedir alimento não perecível), impacto social (integralizar doações ou usar um intermédio?), e muito mais. Tudo isso é necessário para aumentarmos os resultados e até aplicarmos em outros projetos, como o Congresso CRIARH.

5. Compartilhe conhecimento

De acordo com a Creative Difference, equipes que recebem informações antes tem 51% mais chance de criar soluções de sucesso.

Com o desenvolvimento de diversos testes e aprendizado obtido por ele, ele deve ser estruturado e compartilhado com todos da organização. Desmistificando características de sucesso, acelerando a curva de aprendizado de novos funcionários e aumentando a produtividade.

O conhecimento pode ser dividido em reuniões simples, que cada um compartilha o que aprendeu em determinado projeto a partir dos testes.

Estimulando mudança e empoderar colaboradores para alcançar melhores ambientes de trabalho são as ferramentas mais poderosas que um líder pode utilizar para criar uma cultura para inovação empresarial e criar as condições certas para a empresa inovar.

Essas características são essenciais no processo de inovação e de estruturação de uma empresa para o futuro. Por mais que mudar seja difícil e parecer um desafio gigante, pode se tornar muito mais fácil quando você estimula a empatia, curiosidade e empoderamento às equipes.
Lucas Teles

Lucas Teles

Diretor de Inovação na CRIARH Consultoria e apaixonado pela transformação que a criatividade realiza na mentalidade de pessoas e negócios.

Gostou? Comente e compartilhe o post agora!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Você também pode gostar...