fbpx

Pela primeira vez, o maior indicado ao Emmy é uma empresa de streaming

13

O mundo dominado pelas grandes redes de televisão está mudando, a concorrência com o mercado de streaming está mais acirrado do que nunca! 

Pela primeira vez, o maior indicado ao emmy (Oscar da TV) foi uma empresa de streaming, a Netflix conseguiu 112 indicações, ficando à frente da HBO, que obteve 108 indicações.

A HBO, dona de séries como Game of Thrones e Westworld, dominava a maioria das indicações ao Emmy há 17 anos. De forma geral, a TV ainda está na frente com 70% de um total de 538 das indicações ao Emmy, porém o cenário vem mudando rapidamente e obrigando as empresas desse segmento tradicional a se reinventarem.

A aceleradíssima mudança de cenário deve-se aos grandes investimentos das empresas de streaming, como a Netflix (USD$10 bilhões), Hulu e Amazon Prime Video (Juntas, USD$6 bilhões). Do outro lado da moeda, redes como a CBS e NBC dificilmente gastam USD$2 bilhões.

Outros fatores que devemos levar em consideração é o valor mais acessível, afinal, pagar pouco para assistir Netflix é preferível à pagar uma fortuna para ver as séries da HBO. A distribuição do conteúdo também é crucial, pois mesmo que hoje as maiores redes de TV já façam streaming de suas séries, não tem a mesma flexibilidade das empresas de tecnologia e não são consolidadas no mercado, a própria HBO só entrou no mercado no fim do ano passado.

As séries mais indicadas ainda são as pertencentes à televisão e são da HBO. Game of Thrones e Westworld tem respectivamente 22 e 21 indicações cadas, e em minha perspectiva, são muito superiores as que assisti na Netflix, sendo inclusive, minhas favoritas de 2017/2018.

O cenário deve mudar em breve, tendo em vista que a Amazon planeja uma produção épica do mundo de Senhor dos Anéis para 2020, com custos estimados de USD$1 bilhão para 5 temporadas.

Agora é sentar e esperar a resposta dos conglomerados de TV. Bom para o público, que contará com conteúdos de qualidade cada vez maior.

Lucas Teles

Lucas Teles

Diretor de Inovação na CRIARH Consultoria e apaixonado pela transformação que a criatividade realiza na mentalidade de pessoas e negócios.

Gostou? Compartilhe o post agora!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Você também pode gostar...