Unindo criatividade e produtividade ao prazer nas suas atividades

Unindo criatividade e produtividade ao prazer

Foto por: Iwanna/Pixabay


Nós já publicamos brevemente um artigo sobre 3 maneiras para aproveitar o tédio e se tornar mais criativo e outro artigo sobre como a procrastinação pode tornar você mais criativo, aqui vamos explorar mais especificamente como utilizar do questionamento para unir a criatividade e produtividade ao prazer nas suas atividades.

Você deve estar pensando: “Será mesmo que aliar o prazer e a produtividade no trabalho é possível?”, a resposta é SIM! A criatividade é um mecanismo que inova e ajuda a melhorar o resultado pretendido com o esforço.

Ao longo de nossas vidas, nos tornamos cada vez menos criativos, mas nós devemos utilizar dessa característica para quebrarmos os paradigmas do nosso dia a dia em todos ambientes, sejam eles pessoais ou profissionais.

1. Paradigmas da Criatividade

No ambiente de trabalho, é essencial que você utilize da criatividade a seu favor para poder enxergar o que pode ser modificado para combinar o prazer à criatividade.

Trata-se de educar a percepção e buscar a pergunta certa. Os paradigmas nos atrapalham e costumam tornar-se quase definitivos na nossa cabeça, mas a forma como lidamos com esses problemas é o que os torna inquebráveis ou não.

As pessoas normalmente enxergam os fatos que aparentemente não tem solução e deixam por isso mesmo, dizendo que certo problema “não tem jeito” ou que o modo de executar certa tarefa “sempre foi desse modo”, acostuma-se e não busca uma solução criativa.

2. Quebrando os paradigmas

Tomamos como exemplo desse tema, o inglês Isaac Newton, que viveu no século XVII, revolucionou o estudo da física ao desenvolver as principais teorias da gravidade. Se simplesmente ele não avaliasse porque a maçã caiu em sua cabeça, não teria pensado o porque disso ter acontecido.

Outro exemplo é o alemão Albert Einstein, formulou a teoria da relatividade. Tornou-se notável ao resolver um paradigma científico formulado por Isaac Newton 200 anos antes. Enquanto outras pessoas acreditavam que o problema não teria solução, Einstein simplesmente olhou de forma criativa para o céu e perguntou a si mesmo: “Será que a luz faz curva?”

É essencial fazer as perguntas certas para poder quebrar paradigmas. Isso não é sensacional? Você precisa apenas formular dúvidas. Vou citar um exemplo, os chineses ao contratarem alguém, eles sempre perguntam: “Você tem dúvida?” Geralmente, o candidato se enche de autoconfiança e responde com o tom super firme: Não tenho dúvidas. Em seguida, o seu líder ou examinador lhe diz: Você é imaturo. Mas se ele responde que tem dúvida, escutará: Você é maduro. Claro que logo após, ele espera que o seu funcionário formule uma dúvida criativa. Igual a quando uma criança formula uma pergunta bem criativa que até deixam os pais orgulhosos em frente às pessoas.

3. Agir é o Segredo

A criatividade faz o mundo avançar cada vez mais. Sempre foi e continua sendo o ponto de partida principal da humanidade para construir e transformar coisas e situações que atendam necessidades. Pare pra pensar estamos o tempo todo sendo criativos, por exemplo, quando falta um igrediente para a receita, improvisamos, quando criamos alguma gambiarra para solucionar algo, toda vez que pensamos e buscamos soluções para melhorar nossa vida e as coisas ao redor.

O sociólogo Richard Sennett, autor do livro O Artífice, deixou claro que as habilidades manuais podem auxiliar toda pessoa a reencontrar o prazer no trabalho, seja ele qual for. Segundo o sociólogo, existe uma ligação entre o que fazemos com o corpo e o nosso desenvolvimento intelectual e emocional. Pegamos o desenvolvimento cognitivo das crianças por exemplo, ele tem início de forma tátil, com jogos de argila, por exemplo.

4. Criar + Atividade = Prazer

Toda pessoa pode construir, modificar ou consertar coisas sem precisar recorrer à fábricas, indústrias ou profissionais com alto valor de custo. Segundo a artesã Luciana Kaempf Gastal – que desenvolve projetos para várias plataformas digitais e oficinas criativas pelo País, além de projetos “Faça você mesmo” – toda pessoa, em algum momento da vida, é criativa, e em algum momento de sua vida ela está propensa a despertar para isso. A palavra criatividade vem de CRIAR + ATIVIDADE, com isso, sabemos que são os exercícios de criação que nos tornam mais criativos. “O despertar é consequência de testes, ensaios, escolhas, pesquisas e, para que tenhamos resultados, precisamos sair da nossa zona de conforto e buscar alternativas”, ressalta.

A criatividade é aliada do questionamento, Luciana acredita que é preciso debater o criar, procurar novos métodos e não se conformar com situações que pareçem irreversíveis. “Durante muito tempo fomos educados para reproduzir modelos, para ser o que nossos pais foram, para produzir o que nossos mestres produziram. É totalmente possível fazer diferentem incentivar novos olhares, descobrir colocando as mão em atividade”. Quem acha que as ideias surge solitariamente, estão enganados. Ideias nascem de tentativas e erros, de buscas e acertos.

Fontes:

http://maistempo.com.br/criatividade-no-trabalho-torna-a-produtividade-muito-mais-prazerosa/

http://www.mercur.com.br/noticias/visualizar/273/a-criatividade-movida-pelo-questionamento

 

Lucas Teles

Lucas Teles

Diretor de Inovação na CRIARH Consultoria e apaixonado pela transformação que a criatividade realiza na mentalidade de pessoas e negócios.

Gostou? Comente e compartilhe o post agora!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Você também pode gostar...