Liderança democrática: O que é e 3 exemplos práticos

A liderança democrática coloca o poder de decisão nas mãos de todos, visando a inclusão nos planejamentos e discussões relevantes.
Tabela de conteúdo

Liderança não é estar no comando. Liderança é cuidar daqueles que estão sob sua responsabilidade.
– Simon Sinek

Desde sua infância na escola, até você chegar em um ambiente corporativo, você passou por diversos tipos de líderes e gestão diferentes.

Esse ampla variedade de liderança é denominada estilos de liderança.

Hoje, você vai saber mais sobre um estilo de liderança específico mas muito importante em um ambiente de trabalho: A liderança democrática.

Estilo de liderança responsável por:

  1. Incentivar a criatividade e a inovação.
  2. Proporcionar funcionários mais satisfeitos e comprometidos.
  3. Construir o espírito em equipe.

E muito mais!

Continue a sua leitura e descubra sobre o que esse estilo de liderança se trata, suas vantagens e desvantagens e como estimular um ambiente mais democrático.

O que é a liderança democrática?

A origem do termo “democracia” remete à Grécia Antiga, mais especificamente em Atenas. local conhecido como o berço da democracia.

Naquela época, democracia significava governar pelo povo.

demos (povo) e kratos (poder)

Porém, a democracia exercida naquela época, era uma “democracia excludente”. Afinal, mulheres, estrangeiros e menores de 18 anos não tinham direito à participação política.

Mas quando o assunto é liderança democrática, esse estilo de liderança segue outro propósito da “democracia” exercida em Atenas.

Liderança democrática é um estilo de liderança que coloca o poder de decisão nas mãos de todos, visando a inclusão nos planejamentos e discussões relevantes.

Ao invés do poder concentrado apenas nas mãos de um líder, como é o que acontece na liderança autocrata.

É claro que isto não significa que não seja necessário a existência de um líder. Afinal, o papel do líder é facilitar e orientar.

Em uma liderança democrática, o líder tem o objetivo de estimular os membros do grupo a participarem das tomadas de decisões.

Isso significa que o líder não tem poder sem a contribuição e o consentimento do grupo.

Sendo assim, um líder democrático:

  • Foca nas necessidades do grupo como um todo e não apenas em seus próprios objetivos pessoais.
  • Consulta sua equipe e leva as opiniões de todos em consideração antes de tomar uma decisão.
  • Recebe com prazer as contribuições de outros e valoriza as opiniões dos outros.

Características da liderança democrática

Agora que você sabe um pouco mais sobre o que é liderança democrática, vamos dar uma olhada em algumas de suas principais características:

1. Participação do Grupo

Como já vimos, uma das principais características deste estilo de liderança é a participação em grupo.

Isso significa que o líder não toma decisões unilateralmente, mas sim recebe informações, opiniões e sugestões e visa em levar em considerações esses pontos de vista na tomada de decisões.

2. Facilitação

O líder democrático possui como uma das suas principais características facilitar a discussão e ajudar o grupo a tomar uma decisão, ao invés de ditar qual deve ser essa decisão.

3. Inclusão

A liderança democrática consegue proporcionar o atributo da inclusão, visto que através desse método de liderança todos tenham uma palavra a dizer no processo de tomada da decisão.

4. Colaboração

O líder e o grupo trabalham juntos em direção a um objetivo comum.

Sendo assim, o líder estimula e ouve as sugestões e críticas do grupo, a fim de melhorar as sua liderança e o próprio ambiente de trabalho.

5. Respeito

Em um ambiente verdadeiramente democrático, o líder respeita as opiniões dos outros e valoriza a sua contribuição.

Vantagens e desvantagens da liderança democrática

Agora que você sabe um pouco mais sobre liderança democrática, vamos dar uma olhada em algumas de suas vantagens e desvantagens.

Vantagens da liderança democrática

1. Incentiva a criatividade e a inovação:

Como todos os membros do grupo são considerados iguais e têm uma palavra a dizer no processo de decisão, este estilo de liderança encoraja a criatividade e a inovação.

Elementos mais do que necessários em um ambiente de trabalho!

2. Constrói espírito de equipe

Este estilo de liderança fomenta um senso de trabalho em equipe e amizade entre os membros do grupo, por conta do alto alinhamento e engajamento na empresa, facilitando o trabalho em direção ao mesmo objetivo comum.

Com o espírito de equipe alinhado e presente em um grupo de trabalho, além das coisas ficarem mais leves. Os resultados são melhores.

3. Desenvolve habilidades de liderança em membros do grupo

Como todos os membros do grupo estão envolvidos no processo de tomada de decisão, este estilo de liderança fornece a oportunidade para florescer habilidades de liderança.

Cada membro da equipe se torna mais independente para resolver suas questões e propor sugestões que no senso comum não seriam propostas por alguém que não se encontra no cargo de liderança.

4. Funcionários mais satisfeitos e comprometidos

Os funcionários que conseguem expor ideias e participar ativamente no processo de tomada de decisão, consequentemente estão mais satisfeitos e comprometidos com o seu trabalho.

Sendo assim, a motivação se torna presente na vida dos funcionários de maneira orgânica e saudável.

5. Melhores decisões

Quando todos os membros do grupo estão envolvidos no processo decisório, as decisões tendem a ser mais ponderadas e bem informadas.

Afinal, quando você amplia os seus pontos de vista com a colaboração das pessoas, é possível encontrar as respostas que você procura.

Desvantagens da Liderança Democrática

1. Pode criar indecisão

Apesar de gerar melhores decisões, elas podem levar muito tempo por conta da indecisão.

É preciso tomar cuidado não abusar das opiniões exacerbadas e atrasar projetos por conta disso.

Quando há muitas pessoas envolvidas no processo de tomada de decisão, as coisas podem ficar confusas e nenhuma decisão é tomada.

3. Pode criar conflitos

Como todos os membros do grupo são considerados iguais, o estilo de liderança às vezes pode levar ao conflito enquanto cada um tenta ter seu próprio caminho.

4. Não é adequado para todas as situações

Este estilo de liderança não é adequado para todas as situações.

Por exemplo, ele não seria apropriado em uma situação onde uma decisão rápida ou decisiva.

Ou em situações que envolvem decisão financeira de risco, por exemplo.

Como você pode ver, existem tanto vantagens quanto desvantagens para a liderança democrática.

Você precisará pesar estes fatores e decidir se este estilo de liderança é o certo para você e sua organização.

Como superar desvantagens da liderança democrática?

Essas desvantagens geradas pela liderança democrática podem ser gerenciadas e minimizadas de forma efetiva.

Para isso, o líder deve:

  • Implementar prazos (sejam de curto prazo ou longo prazo);
  • Metas provisórias.

Com essas ações é possível garantir que os pontos de vista dos membros da equipe sobre projetos, ideias e atividades sejam incorporadas rapidamente.

Outro passo importante para superar as dificuldades de uma liderança democrática é a realização de feedback contínuos.

Com feedbacks contínuos, existe a garantia que líderes democráticos cumpram os prazos e toda equipe esteja alinhada na mesma página.

Aqui na CRIARH temos a pratica de realizar o feedback semanal. Assim, todos os membros da equipe se mantém estimulados e atualizados em relação ao seu trabalho executado durante a semana. Além de ser útil para o líder acompanhar o progresso.

Aprenda como elaborar um feedback de forma construtiva e contínua com nosso template gratuito

Embora ambas as partes (líder e liderado) possam ter abordagens diferentes para avaliar as contribuições e opiniões de cada membro, a liderança democrática pode estabelecer procedimentos uniformes para avaliar o trabalho de cada membro.

Estes métodos podem eliminar julgamentos controversos e favorecer as ideias de certos membros.

3 Exemplos de liderança democrática

1. Google

O Google é uma empresa de tecnologia que foi fundada em 1998 em Mountain View, Califórnia.

A empresa cresceu para se tornar uma das maiores e mais conhecidas empresas de tecnologia do mundo, com produtos que incluem o sistema operacional Android, o navegador web Chrome e a plataforma de compartilhamento de vídeos YouTube.

O Google usa um estilo de liderança democrática, com decisões tomadas por consenso entre os líderes seniores.

Os co-fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, têm um estilo de liderança muito aberto e colaborativo.

Eles encorajam a contribuição e o envolvimento dos funcionários no processo de tomada de decisão.

2. Muhtar Kent (CEO da Coca-Cola)

Muhtar Kent é o CEO da Coca-Cola, uma das maiores empresas de bebidas do mundo.

Kent é um forte defensor da liderança democrática, e ele tem mostrado que é o melhor estilo de liderança para a Coca-Cola.

Sob a liderança de Kent, a Coca-Cola adotou uma cultura mais aberta e colaborativa.

Resultando na Coca-Cola ser uma das mais importantes empresas do mundo, com funcionários encorajados a compartilhar suas ideias e sugestões sobre as decisões da empresa.

3. Tim Cook (CEO da Apple)

Tim Cook é o CEO da Apple, uma das maiores e mais bem sucedidas empresas de tecnologia do mundo.

A Apple estimula que os funcionários participe das decisões tomadas dentro da empresa, além de fornecer treinamentos para toda a equipe e, em alguns casos, até para parceiros externos.

Cook acredita que o sucesso da Apple se deve em parte ao fato de que seus funcionários são “encorajados a pensar diferente e desafiar o status quo”.

Exemplos de situações de liderança democrática

Agora que você já viu alguns cases de liderança democrática, você vai ficar ciente em quais situações a liderança democrática vai ser o melhor estilo de liderança a ser utilizado:

Quando é necessário criatividade e inovação

Como você viu acima, o Google é um excelente exemplo por ser uma referência na maneira democrática de operar seus processos.

Através disso, o Google consegue estimular a criatividade e a inovação dos funcionários e que eles desempenhem um papel na tomada de decisões para a empresa.

Tudo isso através de discussões e brainstorming.

É por causa desses fatores que a liderança democrática é essencial quando você precisa criar uma ambiente onde a criatividade e inovação precisam ser fomentadas.

Um estilo de liderança participativo pode ser extremamente eficaz. Especialmente se você estiver em uma situação que exige ideias e soluções criativas.

Quando você tem uma equipe de millennials

Millennials é um conceito em Sociologia que se refere ao grupo dos nascidos após o início da década de 1980 até, aproximadamente, o final do milênio.

Um estudo recente da Gallup relatou que os trabalhadores da geração do milênio de hoje querem trabalhar com gerentes que investem em seu crescimento e desenvolvimento de carreira. Além de valorizá-los como pessoas.

Para isso, oferecer uma liderança democrática e investir na capacitação dos seus colaboradores é essencial para aprimorar a sua equipe de Millennials!

Quando você está liderando especialistas

No momento em que você está liderando uma equipe que existem pessoas capacitadas e especialistas no que fazem, a consequência direta é que eles possuem profundo conhecimento em sua área.

Muitas vezes mais do que o líder da equipe.

E é isso é ótimo.

É importante permitir-lhes a liberdade de debater ideias e encontrar soluções. Nesses casos, adotar uma abordagem democrática provavelmente trará melhores resultados.

Cada um vai se sentir livre para extrapolar seu melhor.

Como usar a liderança democrática ao seu favor

Quando indivíduos dentro de um grupo são competentes e ansiosos para transmitir seus conhecimentos, a liderança democrática prospera.

É por isso que é fundamental dar as pessoas tempo suficiente para contribuir, desenvolver uma estratégia e, em seguida, emitir seu voto.

Se você quer usar a liderança democrática em seu benefício, há algumas coisas que você pode fazer:

1. Ser ciente que a liderança democrática não é útil em todas as situações

Sim, pode parecer estranho começar essa lista com essa dica.

Mas é importante ressaltar que a liderança democrática pode não ser a solução para todos os seus problemas.

Haverá situações no seu cotidiano profissional em que essa forma de gestão participativa não vai ser eficaz.

Para usar a liderança democrática ao seu favor, você deve se certificar de quando essa abordagem vai agregar mais valor.

Faça perguntas como:

  • Eu tenho tempo para discutir a solução que eu preciso?
  • Minha equipe tem o conhecimento técnico para discutir sobre determinado assunto?
  • Quem vai ser diretamente afetado por essa decisão?
  • O meu recurso financeiro me permite testar essa abordagem?

Se suas respostas indicarem que uma abordagem democrática é o que lhe trará os melhores resultados, então não hesite em usar a liderança democrática! Lembre-se de entrar aqui para rever tudo que for necessário.

Ser aberto e transparente

Quando você está usando liderança democrática, é importante ser o mais aberto e transparente possível.

Isso não só criará confiança entre você e sua equipe. Mas também tornará mais fácil para todos contribuir com suas ideias.

Algumas coisas que você pode fazer para ser mais aberto e transparente é estimular esses questionamentos:

  • A sua abordagem vai de acordo com a situação que a sua equipe e você está passando?
  • Quais são os objetivos? Todas as informações estão sendo passadas da maneira mais clara possível?
  • Você consegue orientar sobre futuras dificuldades que a equipe vai enfrentar durante o caminho?

Para você extrair o máximo de uma liderança democrática, você também pode levar em consideração esses fatores:

  • Como será tomada a decisão final? Considerando que nem todas as ideias podem ser implementadas?
  • Como podemos criar um ambiente seguro para que todos compartilhem abertamente seus pensamentos?
  • O que acontecerá se não conseguirmos chegar a um consenso?
  • Como podemos nos concentrar em entregar o melhor resultado sem ficarmos presos a ideias específicas?
  • Quando você, como um grande líder, entrará em cena?

Para te ajudar nesse processo, você pode estruturar a conversa com a equipe em fases:

Fase 1: Definir algumas regras básicas e estabelecer a segurança psicológica;

Fase 2: Sessão de criação de ideias;

Fase 3: Descartar e reduzir as opções elaboradas na fase 2;

Fase 4: Tomar a decisão final e planejar a execução.

Todo esse processo irá ajudar a equipe saber como vai funcionar o processo de resolução de algum problema, por exemplo.

Estimule a cultura de inclusão e colaboração

É importante criar uma cultura aberta e colaborativa em sua organização onde os funcionários se sintam à vontade para compartilhar seus ideias.

Porém, você precisa se atentar nisso:

  • No processo de colaboração, é comum alguns membros das equipes estarem mais engajados ou menos motivados do que os outros.

Para contornar essa situação, você deve:

  • Certificar de fazer com que todos participem do plano;
  • Disponibilizar tempo para discussão e debate antes de tomar uma decisão;
  • Incentivar opiniões discordantes e encorajar os funcionários a desafiar o status quo.

Analise todo o processo

Por último, você precisa analisar todo o progresso (ou regresso) da sua postura como líder democrático.

A reflexão é fundamental.

Reflita imediatamente após o término da conversa ou quando a decisão for implementada:

  • O que funcionou ou não funcionou?
  • Quais foram as principais soluções?
  • O que poderia ter sido melhor?
  • Quem mais participou ou menos participou?

Com essas reflexões, você vai se preparar ficar cada vez mais perto do sucesso quando esses momentos se repetirem.

A liderança democrática é um estilo de gestão que se concentra em capacitar os funcionários e dar-lhes uma voz.

Ela tem muitas vantagens, tais como maior satisfação e criatividade dos funcionários. Entretanto, ela também tem algumas desvantagens, tais como uma tomada de decisão mais lenta.

Se você está procurando uma maneira de capacitar sua equipe e dar-lhes voz, a liderança democrática pode ser a escolha certa para você.

Leia outros artigos em nosso site para saber mais sobre liderança e assuntos importantes para o mundo empresarial.

Esperamos que este artigo o tenha ajudado a entender melhor a liderança democrática e lhe tenha dado algumas ideias sobre como utilizá-la em seu próprio negócio.

Se torne um líder melhor, em minutos.

Receba semanalmente passos a passos práticos para ser um melhor líder.
Ao se inscrever você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.
curso de criatividade

Artigo por

Lucas Teles
Lucas é o Head de Inovação da CRIARH. Mas mais importante, ele é o maior apaixonado pela empresa.

Curtiu? Mande o artigo para seus amigos!

Junte-se a mais de 3.000 pessoas em nossa news

Não perca nossas últimas dicas, ferramentas e táticas para ser um melhor líder.

Outros artigos para você

Análise de Desempenho: Entenda e Melhore Seus Resultados

A análise de desempenho é fundamental para entender e aprimorar os resultados de uma organização.
Ler MaisLer Mais
Seta CRIARH

Gestão de Projetos na Prática: Estratégias Vencedoras

A gestão de projetos prática emprega estratégias vencedoras para garantir a entrega bem-sucedida de objetivos.
Ler MaisLer Mais
Seta CRIARH

Pauta de Reunião: Como Fazer e Modelos

A pauta de reunião é um documento simples, que detalha o que será abordado na reunião. Para fazê-lo basta seguir esses 6 passos simples.
Ler MaisLer Mais
Seta CRIARH