Como testar e tornar sua ideia em realidade.

Você pode transformar qualquer ideia em realidade através de um protótipo simplificado e rápido, permitindo testar a sua praticabilidade, viabilidade e desejabilidade, ou seja, seu valor.

O protótipo é um suporte para convidar outras pessoas (potenciais usuários) a ter uma experiência com seu produto ou serviço. Ver o protótipo em ação é abrir espaço para os usuários transformarem sua ideia, tornando um conceito abstrato em um produto ou serviço de qualidade.

Você pode prototipar de diferentes maneiras, a forma mais simples é a partir de desenhos, e a mais complexa é criando uma versão menor e barata do seu produto final. O importante é tornar o conceito e suas interações tangíveis para o usuário.

É importante também ter em mente que não é um processo linear, mas sim complexo e cheio de idas e vindas, é normal você prototipar, perceber erros e voltar à mesa de trabalho para afiar o seu projeto antes de tentar novamente. Assim, no processo de prototipagem existem vários protótipos em vários níveis de amadurecimento do conceito.

Tornar uma ideia em realidade por protótipos previne erros de execução e conceito no lançamento de seu produto ou serviço, prevenindo que uma bomba imploda em sua empresa.

Aqui vamos focar em exemplos de protótipos finais, o último protótipo antes da implementação de uma ideia.

Dicas para prototipar melhor

Começar é metade da batalha

Não se preocupe com a qualidade, protótipos devem ser rudimentares. Foque no que você pode aprender em cada teste de sua ideia.

Simplifique

Torne o seu protótipo o mais simples possível, materiais básicos como papelão e cola podem ajudar mais do que materiais mais caros e de difícil acesso.

Pense nas pessoas que vão utilizar

O seu produto ou serviço será utilizado por pessoas, visualize como eles vão interagir com seu protótipo. Se o seu público alvo é de idosos, como eles utilizariam seu protótipo? Quais dificuldades teriam? Empatia é a palavra chave.

Torne ideias tangíveis pela interação

A fase de prototipagem é longa, é normal ir com um protótipo e voltar com muitas alterações ou até com o conceito destruído. Teste várias versões, aprenda com os usuários, refine de acordo com o feedback e teste novamente. É um processo interativo.

O jogo de Geri

Se você já viu o filme Vida de Inseto da Pixar, provavelmente você deve ter visto também o curta-metragem O jogo de Geri e reconheceu a imagem acima.

Para uma grande empresa de animação como a Pixar, curta-metragens é a maneira deles experimentarem algumas ideias. No caso, o curta mostra um idoso jogando xadrez sozinho, e mesmo sem falas, ganhou até um Oscar.

O curta foi muito importante para testar novas tecnologias de animação na Pixar, no caso, eles estavam testando a capacidade de animação na produção de cabelo, pele e superfícies curvas. Ou seja, o curta serviu como porta de entrada para a Pixar introduzir personagens principais humanos, sedimentando o caminho para sucessos como Os Incríveis e Monstros S&A à um custo mínimo em relação a um longa-metragem.

C2 – Conexões CRIARH

Para nós da CRIARH Consultoria, o nosso principal produto é o Congresso CRIARH então precisamos fazer protótipos voltados a melhorar a experiência em nosso evento principal.

Antes de testar novos conceitos em eventos presenciais, o protótipo evolui e é testado em escalas menores como em testes com a equipe interna, cursos, dentre outros, até chegar no protótipo final que são eventos menores.

Assim, recorrentemente nós podemos fazer os últimos testes com novas suposições no C2Por exemplo, testamos o modelo da festa, se devemos servir bebida alcoólica ou não, o tempo de duração das atividades, se devemos fazer intervalos ou não, credenciamento simplificado, entre outras.

Um dos feedbacks que se provaram positivos e que vamos levar para o Congresso CRIARH de 2020 é a realização de uma cervejada ao fim do dia de evento, mas ainda assim com alterações feitas a partir de observações dos participantes. Outro bom teste foi a realização de talks com cases, que também vamos trazer para o nosso maior evento de 2020.

E para cada ideia que se provou boa após os testes, várias se provaram ruins, como fazer grandes eventos presenciais gratuitos, alcançar o público estudantil e representar marca de terceiros. E cada erro foi de grande importância para nós caminharmos no estada certa e evitar um desastre financeiro na empresa.

Em alguns tivemos feedbacks positivos e outros negativos, mas continuamos testando muita coisa em nossos eventos, por isso nunca temos uma edição idêntica a outra.

Prototipar é ação essencial em uma cultura criativa, e foi o que nos permitiu alcançar a média de satisfação 9.54 no Congresso CRIARH de 2019, e que por conta de novos protótipos será muito diferente do evento de 2020, que vai acontecer de 14 a 16 de outubro no Cais do Sertão.

Conclusão

Se após todos os testes o feedback for positivo, parabéns! Sua ideia é viável, prática e desejável, você tem uma solução verdadeiramente inovadora em suas mãos e deve aproveitá-la ao máximo.

Boas ideias são o que movem o mundo para frente, são elas que rompem a barreira do impossível e trazem uma melhor vida para todos a um menor custo. Não devemos parar de correr atrás delas, pois estaríamos nos sujeitando a uma vida medíocre e sem brilho. 

Eu espero que esse artigo o ajude a tornar sua ideia em realidade, as arrancando do mundo imaginário e as transportando para o mundo real, traduzidas como produtos e serviços memoráveis.

Curtiu? Mande o artigo para seus amigos!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Lucas Teles

Lucas Teles

Diretor de Inovação na CRIARH Consultoria e apaixonado pela transformação que a criatividade realiza na mentalidade de pessoas e negócios.

Você também pode gostar

Novidades

Fique ligado nos
artigos e notícias.

🔒 Não enviaremos spam para você